top of page

Dor na lateral do Abdômen durante ao exercício


Você já sentiu aquela dor na lateral do abdômen quando fez corrida ou caminhada?

Caso a resposta seja afirmativa, não se preocupe.

Você não é o único, numa pesquisa recente foi demonstrado que pelo menos 70% das pessoas que fazem atividade física já sentiram essa dor, inclusive atletas treinados,

a diferença está apenas na frequência que eles sentem.

Essa dor é muito prevalente em atividades físicas que promovem movimentos repetitivos de tronco quando ele está estendido como a corrida.

Essa dor é chamada tecnicamente como “Dor abdominal transitória relacionada ao exercício”.

A verdade é quem ninguém sabe ao certo de onde vem essa dor, porém existem várias teorias que tentam explicar a origem da dor, em alguns estudos científicos mostram que a causa pode ser o fato de pessoas que consomem um grande volume de alimentos e/ou bebidas hipertônicas (energéticos) próximo ao exercício físico, atrapalhando o esvaziamento gástrico.

Alguns cientistas relacionam essa dor ao espasmo ou isquemia ao Diafragma (músculo responsável pela respiração), isso acontece pois ele trabalha mais durante o exercício associado ao impacto que ele sofre durante a pratica da corrida.

Outra explicação, seria a de que quando fazemos exercício nossos órgãos internos “balançam”, onde isso provocaria uma tração nos ligamentos que os unem ao diafragma; causando uma irritação.

peritônio

Outra explicação está relacionada ao peritônio (dupla membrana que reveste a nossa cavidade abdominal e o órgão internos mantendo-os no lugar).

Onde a movimentação do tronco estendido durante a atividade física irritaria o peritônio, principalmente na região abdominal epigástrica causando a dor.

Região onde mais tem prevalência de dor

E o que fazer durante a crise aguda de dor?

As estratégias para o manejo da dor são em grande parte anedóticas, especialmente considerando que sua etiologia (causa) permanece totalmente não elucidada.

Técnicas para obter alívio da dor durante um episódio são ambíguas.

Não tem jeito, será necessário pausar a sua atividade física ou reduzir a intensidade até melhorar...

Dicas para prevenir as dores:

Evite comer grandes volume de atividades físicas, prefira fazer uma refeição “grande” pelo menos 2 horas antes do exercício.

Evite bebidas hipertônicas (estimulantes e energéticas)

Faça fortalecimento de músculos posturais, principalmente o abdômen pois é ele que sustenta nossos órgãos internos ajudando a mantê-los no lugar, assim se seu abdômen estiver fortalecido seus órgãos internos “balançam” menos, isso causa menos irritação do peritônio, menos tração nos ligamentos internos, logo a chance de dor é bem menor.

Fonte:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4281377/

 

Este post não substitui orientações médicas.

As informações aqui fornecidas têm por objetivo ajudar o leitor a tomar decisões embasadas sobre sua saúde.

Entretanto, antes de começar a seguir as recomendações alimentares apresentadas aqui ou qualquer outra dieta, você deve consultar seu Nutricionista.

451 visualizações0 comentário
bottom of page