top of page

Somatotipo como ele pode afetar a saúde, mas não te define!

Ao longo dos anos, a sociedade desenvolveu uma fixação em categorizar as pessoas de acordo com seu corpo.


Em 1940, William Herbert Sheldon criou uma abordagem para avaliar o físico humano usando um método fotoscópico que mede três aspectos: endomorfia (gordura), mesomorfia (músculos) e ectomorfia (magreza).


Isso permitiu a divisão de indivíduos com base na predominância desses aspectos.


Sheldon era um psicólogo e médico americano que desenvolveu uma abordagem para avaliar o físico humano e sua relação com a personalidade e comportamento.

Ele acreditava que isso poderia ser usado para orientar escolhas de carreira e educação, mas sua abordagem foi criticada por falta de validade empírica e reforço de estereótipos prejudiciais.


Depois desses esclarecimentos, entendo que você está curioso sobre as características de cada somatotipo de acordo com a abordagem conceitual de Sheldon. Vamos lá!


Segundo essa abordagem, existem três somatotipos: endomorfia (gordura), mesomorfia (musculosidade) e ectomorfia (magreza), veja abaixo a Classificação com base nos critérios de Sheldon (1954) para o sexo masculino adulto:


Endomorfo: predominância de tecido adiposo, maciez e contorno arredondado



Mesomorfo tem predominância de tecido muscular e ósseo, músculos proeminentes e aparência definida.





Por fim, o ectomorfo é caracterizado pela linearidade e fragilidade da composição corporal, com desenvolvimento muscular limitado.

É importante lembrar que o somatotipo é apenas uma classificação geral e que muitas pessoas podem ter características de mais de um tipo.

O somatotipo não define a pessoa!

Embora seja interessante entender os diferentes tipos de corpos, é importante lembrar que o somatotipo não define a pessoa como um todo. É comum que as pessoas usem o somatotipo como uma maneira de justificar certas características, mas isso não é correto.


Por exemplo, alguém pode usar o fato de ser um ectomorfo como desculpa para não ter sucesso em ganhar massa muscular, ou um endomorfo pode se sentir desencorajado a se exercitar por causa de sua tendência a ganhar peso facilmente.


No entanto, é importante lembrar que o somatotipo não é uma sentença definitiva. Qualquer pessoa, independentemente de seu somatotipo, pode alcançar seus objetivos de fitness e saúde com dedicação, esforço e uma dieta adequada.



Além disso, uma atualização para você que não sabe, em 1990 Heath e Carter atualizaram a abordagem de Sheldon, usando o método antropométrico para avaliar pacientes.


O somatotipo descreve a forma e composição do corpo e é influenciado por nutrição, exercício e envelhecimento.

Diferente de Sheldon, eles acreditavam que o somatotipo é fenótipo e pode mudar.



Conclusão

O somatotipo pode ser uma ferramenta útil para entender diferentes tipos de corpos, mas é importante não usá-lo para definir as pessoas. Cada indivíduo é único e pode alcançar seus objetivos de saúde e fitness independentemente de seu somatotipo.


A chave é se concentrar em hábitos saudáveis ​​e trabalhar em direção a uma vida saudável e ativa.


Um abraço do seu nutri Fernando Rocker




314 visualizações0 comentário

Σχόλια

Βαθμολογήθηκε με 0 από 5 αστέρια.
Δεν υπάρχουν ακόμη βαθμολογίες

Προσθέστε μια βαθμολογία
bottom of page