top of page

Sinais de uma tropa de hormônios


Uma tropa de hormônios - Insulina, Leptina, adiponectina, e grelina, entre outros - comunica-se com o hipotálamo para controlar a ingestão e o peso de um indivíduo.

Esses hormônios regulatórios controlam a alimentação em resposta a sinais originados nos tecidos afetados do corpo.

A insulina controla a quantidade de glicose no sangue, movendo-a para dentro das células para produzir (ou armazenar) energia. A Leptina que é produzida principalmente pelas células de gordura, contribui para a plenitude em longo prazo, pela estimulação dos depósitos de energia de todo o corpo. A adiponectina também é produzida pelas células de gordura e, aparentemente, ajuda o corpo a responder melhor a insulina, intensificando o metabolismo. A Grelina, o hormônio da fome, diz ao cérebro quando o estômago esta vazio, levando a fome e a uma queda no metabolismo.

O estômago se comunica com o cérebro via nervo vago, parte do sistema nervoso autônomo que liga o cérebro ao estômago. Quando cheio de alimento, os receptores de estiramento do estômago enviam uma mensagem ao cérebro indicando a saciedade . A cirurgia de desvio gástrico (um dos métodos) reduz o tamanho do estômago ao do tamanho de um ovo e desencadeia uma queda acentuada nas concentrações de Grelina, o que diminui a fome e a ingestão por via oral.

Porém, infelizmente, a dieta tradicional tende a aumentar as concentrações de Grelina.

Nutricionista Fernando Rocker CRN3 46861 Marque sua consulta: 11 2776-2744 consulta@nutricionistafernando.com.br

Fontes: (Black-burn, 2008) (Krause,2012)


117 visualizações0 comentário
bottom of page