top of page

Nutrição, essa ciência da confusão.


Em resposta ao padrão alimentar que se instaurou com a exacerbação do consumo de alimentos industrializados e conciliando com o detrimento de alimentos in natura ou minimamente processados.

Atualmente existe um bombardeamento de informações com intuito de influenciar nossas escolhas alimentares.

Existem os influenciadores anedóticos (famosos, ex-BBBs, cantores, Instagramers, Youtubers, etc.), que por terem sucesso individual em sua dieta usam desse artifício para convencer as pessoas que se fizerem o mesmo que eles, poderá desfrutar do mesmo sucesso em relação a suas propostas de treinos e dietas.

Para complicar mais ainda, os próprios profissionais de saúde não entram em uma conclusão. Alguns por interesses obscuros, que não é relevante nesse post.

Embora a Nutrição não seja mesmo uma ciência exata, existe muitas informações equivocadas e também muitos profissionais que defendem orientações totalmente contraditórias, antagônicas e alguns defendem MACRONUTRIENTES como se fossem dogmas.

Atualmente discute-se muito sobre LOW CARB HIGH FAT, dieta DUKAN, dieta PALEO, dieta ATCKINS ou a dieta PRIMAL: onde alguns entendem apenas que carboidratos são venenos, gordura são a salvação!

Para abordar esse tema baseio-me num dos documentos mais elogiados do mundo o GUIA ALIMENTAR DA POPULAÇÃO BRASILEIRA lançada oficialmente pelo Ministério da Saúde no dia 5 de novembro de 2014;

VOCÊ DEVE SIM, EXCLUIR OS CARBOIDRATOS, mas não somente ele, e não qualquer carboidrato deve EVITAR os alimentos ultra processados (macarrão instantâneo, salgadinhos de pacote e refrigerantes) que além de carboidratos ruins que misturados com gordura saturada, sal, açúcar, e por isso apresentam baixo teor de fibras e micronutrientes, características que não vão mesmo favorecer aquela barriguinha tanquinho e o peitoral gigante.

E para piorar esses “alimentos” ultraprocessados contribuem para o aumento de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) como hipertensão, diabetes mellitus, osteoartrite, aterosclerose, derrames, câncer, entre outras.

Ah... o texto tá grande né? Mas só para concluir segue abaixo alimentos que contem carboidratos e são uma maravilha para você atingir sua meta:

Alimentos in natura frescos (frutas, carnes, legumes) e minimamente processados (arroz, feijão e frutas secas).

Agora para que você tenha um cardápio personalizado com suas necessidades somente um profissional Nutricionista pode fazer. Que tal marcar sua consulta?

Nutricionista Fernando Rocker

CRN3 46861

Rua Pamplona 788 Conjunto 22

Jardim Paulista – São Paulo –SP

Fone: 2776-2744


11 visualizações0 comentário
bottom of page