top of page

Suco de beterraba no exercício físico e redução da pressão arterial sanguínea


O interesse pela suplementação de nitrato através do suco de beterraba vem crescendo.

Alguns estudos demonstram benefícios como redução da pressão arterial sanguínea e melhora no desempenho do exercício físico.

Os efeitos benéficos do suco de beterraba encontrados foram a redução no gasto

de oxigênio e do tempo de realização dos protocolos, o aumento da potência e do tempo para alcançar a exaustão. Além disso, redução dos valores da pressão arterial sanguínea.

Dentre vários nutrientes encontrados na beterraba, aqui destaca-se o Nitrato que ao ser ingerido é convertido em nitrito e quando chega ao meio ácido do estômago é "convertido" em Oxido Nítrico e outro óxidos de nitrogênio secundários e então absorvido no intestino com os nitrato e nitritos remanescentes.

Melhora na pressão sanguínea

Quando absorvido em específico, o nitrato inorgânico (de origem alimentar),parece diminuir a pressão sanguínea diastólica em adultos saudáveis , bem como a pressão sanguínea sistólica , através de mecanismos ainda não esclarecidos, mas que aparentam ser causados devido à redução do nitrito à OXIDO NÍTRICO nas paredes dos vasos sanguíneos .

E melhor não apenas no coração, mas também em órgãos como o fígado, o nitrito inorgânico parece atuar como um estoque endógeno de Oxido Nítrico , sendo liberado durante a isquemia e protegendo-o da lesão de isquemia-reperfusão.

No exercício físico

A suplementação de nitrato inorgânico com nitrato de sódio em indivíduos não treinados que realizaram um ciclo ergométrico, causou redução do Volume Máximo de Oxigênio (VO2máximo) sem quaisquer efeitos nos valores máximos de lactato, taxa de troca respiratória, ventilação pulmonar e frequência cardíaca, além da tendência de aumentar o tempo de exaustão apesar da redução do VO2máximo .

Em ciclistas e triatletas treinados que realizaram testes de trabalho máximo e submáximo em um ciclo ergométrico, a suplementação de nitrato reduziu o VO2durante o trabalho submáximo e aumentou significativamente a eficiência muscular, nesses estudos demonstraram que o nitrato possui profundos efeitos na função basal da mitocôndria, bem como no consumo de oxigênio de todo o corpo durante o exercício.

Com a suplementação de nitrato, houve aumento na eficiência de performance com a redução no custo de oxigênio durante o exercício.

Fontes dietéticas de Nitrato

Apesar do uso de nitrato de sódio como fonte de nitrato, os vegetais são a principal fonte dietética do mesmo.

No grupo de plantas com alto teor de nitrato (>1000 mg/kg) destaca-se o espinafre, a alface e a beterraba (Tammeet al., 2004).

A beterraba vem sendo utilizada, principalmente, na forma de suco, tanto em populações treinadas quanto não treinadas, com o intuito de verificar os seus efeitos no desempenho em relação ao exercício físico.

Suco de beterraba e exercício físico

Os benefícios do consumo do suco de beterraba vêm sendo relatados em diferentes modalidades de exercícios físicos.

Em ciclistas treinados, a suplementação com suco de beterraba por um período de seis dias, diminuiu o volume de oxigênio (VO2) durante o exercício submáximo e aumentou o desempenho em uma prova de 10 km .

Lansley et al. (2011) testaram a suplementação aguda com suco de beterraba rico em nitrato comparada com o suco de beterraba com conteúdo depletado de nitrato em ciclistas treinados. O grupo suplementado com o suco rico em nitrato teve aumento no desempenho em provas de 4 e 16,1 km, devido a uma significativa melhora na potência para os mesmos valores de VO2, indicando que os efeitos fisiológicos do suco devem-se à alta concentração de nitrato.

Em remadores, o uso de 500 mililitros de suco de beterraba por seis dias resultou em melhor tempo de desempenho em exercício de alta-intensidade realizado em remo ergômetro (Bond, Morton & Braakhuis, 2012).

Em desportistas, três dias de suplementação reduziram o custo de oxigênio no exercício submáximo e aumentaram o tempo de falha durante o exercício severo (Bailey et al., 2009).

Lansley et al (2011) aplicaram a suplementação em um período de 4-6 dias e encontraram os mesmos resultados, além da redução do custo de oxigênio em testes de caminhada.

Vanhatalo et al. (2011) demonstraram que estes efeitos permanecem quando a suplementação é estendida por quinze dias de duração.

Como suplementar o Nitrato ?

A suplementação com nitrato inorgânico, principalmente na forma de suco de

beterraba, é uma estratégia muito recente tanto em relação à área clínica quanto à

área esportiva. Atualmente, temos diferentes modalidades de exercício físico, bem

como protocolo de exercício físico sendo beneficiados pela suplementação com

suco de beterraba. No entanto, devido à sazonalidade, composição do solo e

condições de armazenamento e preparo, o suco de beterraba pode apresentar

diferentes concentrações de nitrato.

Sendo assim, faz-se relevante consultar um nutricionista para identificar a quantidade de suco e concentração de nitrato capazes de trazer benefícios ao exercício físico, bem como as modalidades que podem aproveitar-se dos mesmos.

Que tal marcar uma consulta agora ? Clique aqui

Nutricionista Fernando Rocker

CRN3 46861

O intuito desse texto é informativo não tem a intenção de medicar,orientar ou substituir quaisquer recomendação médica ou de nutricionistas.

Fontes:

Byan, N.S.et al.Dietary Nitrite Restores NO Homeostasis and is Cardioprotective in eNOS Deficient Mice.Free Radical Biology and Medicine, v. 45, n. 4, p. 468–474, 2008.

Castello, P.R.et al.Mitochondrial cytochrome oxidase produces nitric oxide under hypoxic conditions: Implications for oxygen sensing and hypoxic signaling in eukaryotes. Cell Metabolism, v. 3, n. 4, p. 277-287, 2006.Cermak,N.M.; Gibala, M.J.; van Loon, L.J.C. Nitrate supplementation’s improvement of 10-km time-trial performance in trained cyclists.International Journal of Sport Nutrition and Exercise Metabolism, v. 22, n. 1, 64-71, 2012.

Cosby, K.et al.Nitrite reduction to nitric oxide by deoxyhemoglobin vasodilates the human circulation. Nature Medicine, v. 9, n. 12, p. 1498-1505, 2003.Davies, P.F.; Tripathi, S.C. Mechanical stress mechanisms and the cell. An endothelial paradigm. Circulation Research, v. 72, n. 2, p. 239-245, 1993.

Doyle, M.P.et al. Kinetics and mechanism of the oxidation of human deoxyhemoglobin by nitrites. The Journal of Biological Chemistry, v. 256, n. 23, p. 12393–12398, 1981.

Duranski, M.R.et al. Cytoprotective effects of nitrite during in vivo ischemia-reperfusion of the heart and liver. The Journal of Clinical Investigation, v. 115, n. 5, p.1232-1240, 2005.

Dusse, L.M.S.; Vieira, L.M.; Carvalho, M.G. Revisão sobre o óxido nítrico. JornalBrasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial, v. 39, n. 4, p. 343-350, 2003.

Ferreira, L.F.; Behnke, B.J. A toast to health and performance! Beetroot juice lowers blood pressure and the O cost of exercise. Journal of Applied Physiology, v. 110, n. 3,p. 585-586, 2011

Parizotti, Cristiane Schulz, Suplementação com suco de beterraba no exercício físico, 2013.

Vanni, D.S.et al.Óxido nítrico: inibiçãodas plaquetas e participação na formação do trombo. Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial, Rio de Janeiro, v. 43, n. 3, p. 181-189, 2007.

z

577 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page